Rosa!

Por Williana Lascaleia

Recentemente fui convidada a participar da Campanha do Outubro Rosa em Taboão da Serra através da parceria da Coordenadoria da Mulher, prefeitura do município, com o shopping da cidade. Minha humilde participação, assim como a das colegas que convidei a participar comigo, consistia em apenas ficar por quatro horas em um quiosque entregando panfletos e orientando a população sobre o câncer de mama.

Sabe aquela ideia de que “de ideia boa o inferno está cheio?”, pois é! Como voluntário sofre!

As pessoas se negavam a pegar um panfleto. Os homens tinham medo do panfleto. Parecia que ele era contagioso. Mulheres – eu escrevi MULHERES- passavam o rosto colado em vitrines, ou simplesmente viravam a cara para não falar com os voluntários que estavam naquele momento participando do projeto.

Lamentável que uma ação de prevenção seja tratada desta forma. A parte triste é que quando essas mulheres que negaram um panfleto, uma explicação, ou a mãe, namorada, esposa, filha, tia, avó, neta, destes homens precisarem de atendimento, de um ombro amigo com quem vão contar? Aonde vão se informar? Se tratar?

O câncer pode atingir toda e qualquer família. Homens e mulheres. A campanha foi feita para  orientar sobre a prevenção… e a população não quer ouvir. O pior é que as pessoas que deveriam ser as mais interessadas na campanha não tomam conhecimento dela.

Triste! Porque nós voluntários doamos o nosso tempo. Deixei o site por atualizar, minha mãe doente em casa, tive que sair mais cedo para ir ao banco retirar dinheiro, depois tive que ir trocar o dinheiro porque a nota era alta para passar no ônibus, acordei cedo, mas  já tinha ido dormir tarde… sem contar na tristeza de ver as pessoas não querendo ser ajudadas, orientadas por pessoas que desejaram estar ali para tal.

Povo taboanense, vamos acordar! Vamos prevenir! Vamos se tocar! O simples fato de se tocar pode fazer com que você descubra uma doença que apesar de complexa pode ser tratada.

Agradeço a todos os voluntários, colegas jornalistas que também participaram (a Rose Santana do Portal O Taboanense e a Sandra Pereira, do Jornal da Net) e a Suely Amoedo pelo convite. Amei! Pode contar sempre com o Informativo Taboão, mas a população deve colaborar também!

Ah, e quem quiser doar cabelos, que devem ser a partir de 15 centímetros, podem entrar em contato com a Coordenadoria da Mulher, que tem parceria com o projeto Sansão. Logo teremos muitas mulheres com cabelinhos lindos!!!

Bjsss

Coordenadoria da Mulher

Fone: 4787 3923

Comentários

comentários

This entry was posted in Colunas, Williana Lascaleia. Bookmark the permalink.