Em nota, Ney Santos se diz injustiçado, fala do sofrimento da família e recebe, via redes sociais, apoio de eleitores

Por Williana Lascaleia, da Redação Online

 

Ney Santos emite nota falando sobre o pedido de prisão decretado pelo Ministério Publico na madrugada deste sábado, 10, afirma que sua família está sendo humilhada “nacionalmente” e que foi “acusado em 2010 e que até agora nada foi comprovado”.

O candidato que tem mais de 47 mil curtidas em sua pagina do Facebook, 529 compartilhamentos da nota emitida e mais de 900 comentários que o apoiam, ainda não se apresentou a justiça. Na segunda-feira, 12, seus advogados irão entrar com pedido de habeas corpus.

O presidente da Casa de leis do município e candidato eleito ao cargo de prefeito nas eleições de outubro afirma que “não vamos nos intimidar, esta não foi a primeira vez e não será a última que sofri e vou sofrer este tipo de perseguição”.

Ney será diplomado no próximo dia 19.

Veja a nota na integra!

“Hoje fui notificado sobre um mandado de prisão preventiva em meu nome. A acusação é ainda sobre os mesmos assuntos que fui acusado em 2010 e que até agora nada foi comprovado.

Os meus bens que foram apreendidos na ocasião, todos foram devolvidos pela própria justiça por falta de provas.

O que me causa estranheza é o fato de trazerem tudo isto à tona novamente há 10 dias antes da minha diplomação como prefeito.

Data está que será oficializado a vontade soberana do povo, que me elegeu democraticamente com quase 80% dos votos válidos.

Desde o ocorrido há 6 anos atrás, sempre me coloquei a disposição da justiça para prestar todo os esclarecimentos necessários.

Sempre estive nos mesmos locais, fui eleito em 2012, o vereador proporcionalmente mais votado do Brasil, sempre estive em meu gabinete atendendo meu povo e presidindo as sessões em nossa casa de leis.

Não me apresentei até esse momento por que havia viajado e também estou aguardando os autos chegarem nas mãos dos meus advogados, pois a justiça só irá nos entregar na próxima quarta feira. Tenho certeza que Deus está no controle de tudo, e toda a verdade virá à tona de fato.

Esta claro que tudo isto mais uma vez, não passa de mais uma perseguição política que estou sofrendo,  e que está sendo amplamente explorada pela mídia sensacionalista.

Eles não querem que um menino que veio da periferia e venceu na vida, possa administrar uma cidade linda como é Embu das Artes, cidade esta que só precisa de alguém que a ame de verdade.

Não vamos nos intimidar, esta não foi a primeira vez e não será a última que sofri e vou sofrer este tipo de perseguição.

Quero agradecer a todas as manifestações de carinho que tenho recebido espontaneamente nas redes sociais.

Obrigado por acreditarem em mim. Vamos seguir juntos lutando por uma cidade melhor.

Minha família e eu estamos sofrendo muito em mais esta batalha, estamos sendo mais uma vez expostos e humilhados nacionalmente, por políticos sem escrúpulos, que fazem qualquer coisa pelo poder, mais sabemos que Deus esta conosco e vamos vencer novamente.”

Os meus bens que foram apreendidos na ocasião, todos foram devolvidos pela própria justiça por falta de provas.

O que me causa estranheza é o fato de trazerem tudo isto à tona novamente há 10 dias antes da minha diplomação como prefeito.

Data está que será oficializado a vontade soberana do povo, que me elegeu democraticamente com quase 80% dos votos válidos.

Desde o ocorrido há 6 anos atrás, sempre me coloquei a disposição da justiça para prestar todo os esclarecimentos necessários.

Sempre estive nos mesmos locais, fui eleito em 2012, o vereador proporcionalmente mais votado do Brasil, sempre estive em meu gabinete atendendo meu povo e presidindo as sessões em nossa casa de leis.

Não me apresentei até esse momento por que havia viajado e também estou aguardando os autos chegarem nas mãos dos meus advogados, pois a justiça só irá nos entregar na próxima quarta feira. Tenho certeza que Deus está no controle de tudo, e toda a verdade virá à tona de fato.

Esta claro que tudo isto mais uma vez, não passa de mais uma perseguição política que estou sofrendo, e que está sendo amplamente explorada pela mídia sensacionalista.

Eles não querem que um menino que veio da periferia e venceu na vida, possa administrar uma cidade linda como é Embu das Artes, cidade esta que só precisa de alguém que a ame de verdade.

Não vamos nos intimidar, esta não foi a primeira vez e não será a última que sofri e vou sofrer este tipo de perseguição.

Quero agradecer a todas as manifestações de carinho que tenho recebido espontaneamente nas redes sociais.

Obrigado por acreditarem em mim. Vamos seguir juntos lutando por uma cidade melhor.

Minha família e eu estamos sofrendo muito em mais esta batalha, estamos sendo mais uma vez expostos e humilhados nacionalmente, por políticos sem escrúpulos, que fazem qualquer coisa pelo poder, mais sabemos que Deus esta conosco e vamos vencer novamente”.

Comentários

comentários

This entry was posted in Região, Williana Lascaleia. Bookmark the permalink.