Empresa farmacêutica irá informatizar saúde em Embu

Por Williana Lascaleia, do Jardim Santo Eduardo

 

Empresa farmacêutica irá informatizar as UBS's de Embu das Artes - Foto: Everaldo Silva/ divulgação
Empresa farmacêutica irá informatizar as UBS’s de Embu das Artes – Foto: Everaldo Silva/ divulgação

 

A empresa LIBBS Farmacêutica está ampliando a estrutura de seu parque industrial para produzir medicamentos mais avançados e em contrapartida com um financiamento do BNDS a empresa decidiu investir no município de Embu das Artes com o projeto Tempo é Saúde.

“A LIBBS está fazendo a ampliação do seu parque industrial para medicamentos mais avançados, medicamentos biológicos. E através de um financiamento há uma contrapartida social e nessa contrapartida social a LIBBS resolveu investir em Embu das Artes”, disse Marcel Vieira, da Agência Cause que está fazendo a instalação do projeto.

A empresa está investindo pouco mais de R$1,2 mil no projeto que vai informatizar todas as UBS. A prefeitura irá comprar os computadores e a empresa parceira fará a ligação com o sistema do E-SUS e irá fornecer os servidores, switch, impressoras e toda a parte de sistema para ajudar a melhorar a infraestrutura de cabeamento para a instalação dos computadores, além do treinamento dos funcionários da saúde que é quem irá utilizar o sistema.

O projeto conta com a revisão dos processos de primeiro atendimento e triagem, com a finalidade de melhorar o pronto atendimento das unidades.

“A ideia é ajudar para que os postos de saúde funcione com mais agilidade. A nossa colaboração é para que a saúde funcione com mais rapidez. Vamos dar o apoio logístico para que os sistemas disponíveis, do ministério da saúde, entrem em funcionamento com maior facilidade”, afirmou Alcebíades Athayde Junior, presidente da LIBBS farmacêutica.

O prefeito Chico Brito anunciou a parceria com a LIBBS na inauguração da UBS Marluce Gouveia no último sábado, dia 7, e se disse muito feliz, pois a parceria “irá melhorar a vida da população [de Embu]”.

O sistema deverá estar totalmente implantado até o final do primeiro semestre de 2015.

Comentários

comentários

This entry was posted in Região, Williana Lascaleia. Bookmark the permalink.