Festival de Plantas atrai mais de 45 mil a Embu das Artes

Por Sandra Martins

Mais de 45 mil pessoas acompanharam a 12ª edição do Festival de Flores e Plantas de Embu das Artes, realizado pela Prefeitura de Embu das Artes, através da Secretaria de Turismo, no Parque Francisco Rizzo. Seja em termos de exposição, seja em quantidade de orquídeas colocadas à venda, o festival superou todas as expectativas, agradando público e expositores. Na sala de exposição, com mais de 1.000 orquídeas à mostra, as fotos e selfies marcaram a passagem de homens e mulheres que apreciam orquídeas e, que nos estandes de venda, com mais de 15 mil exemplares à venda, queriam levar um pouquinho de tanta beleza para casa.

A Feira Gastronômica foi uma atração à parte. Com pratos variados – Paella, hambúrguer, pernil, baião de dois, comida polonesa, tacos mexicanos, massas italianas, entre outros – a praça de alimentação de 200 m² ficou lotada durante os três dias de evento. Uma alegria para visitantes e comerciantes. “Aqui está muito melhor que outros festivais dos quais participamos, o Parque Rizzo é lindo, a variedade de comida é grande e o público maravilhoso. Adoramos”, afirmou Wilson, proprietário da barraca de comida polonesa, que fez sucesso com o doce do Papa ou Kremówka (pronuncia-se krumuca), com massa folhada e creme. Uma delícia.

E todos venderam muito. No domingo, por exemplo, até às 14h, 9 panelas de paella já haviam sido vendidas. “Foi um sucesso, sem dúvida, o público ultrapassou nossa expectativa e tanto munícipes quanto expositores querem o evento de novo”, destacou Edna Santos, da Lotus Eventos, responsável pela vinda da Feira Master Chefs a Embu das Artes. “Conversei com cada um dos comerciantes da feira e todos concordam que a cidade é muito acolhedora e todos querem voltar”, frisou.

O festival aconteceu juntamente com a 93ª Exposição de Orquídeas da Associação Orquidófila de São Paulo (AOSP) e contou com a participação de diversos expositores, paisagistas e a Praça de Alimentação Master Chefs, com 25 tendas de comidas preparadas por chefs profissionais.

Após ver a exposição de orquídeas e admirar espécies raras e vencedoras de concursos, a maioria dos visitantes não resistiu à tentação de sair ao menos com um vaso em mãos. Os mais apaixonados por plantas faziam filas para adquirir equipamentos, acessórios e insumos para cuidar em casa das flores que já possuem e das recém-adquiridas.

Foi o caso de Erika Gueller, alemã de 78 anos, 50 deles radicados no Brasil. A orquidófila mora em Ilhabela, litoral de São Paulo, e veio com mais 18 amigos para conhecer o festival: “Somos um grupo de idosos apaixonados por orquídeas. Quando soubemos que em Embu das Artes haveria um evento assim, nos organizamos e viemos. Estamos adorando, pois percebemos que a cidade vai além da feirinha de artes. A tentação agora é não gastar muito aqui, mas está difícil. Se tiver ano que vem, nós voltamos com certeza”, disse sempre sorrindo.

“Moro em Carapicuíba e venho sempre que tem festival, pois amo plantas”, contou Emico Yamamoto, 73.

O casal Andréa Kao e Fábio Morais, acompanhados de seus cães da raça galgo, Antônio e Penélope, curtiam o domingo de sol forte passeando entre as barracas: “Está muito bem organizado! Venho sempre e percebo que há mudanças. Hoje, além de ver a exposição de orquídeas, viemos com a intenção de almoçar na Feira Gastronômica Master Chefs, que chamou muito nossa atenção”, falou.

O festival também teve música, com a banda Voice, tocando MPB e clássicos do rock, e a Banda Municipal, além de atividades recreativas para crianças, oficinas de cultivo de orquídeas, artistas mostrando sua arte em pintura, ceramismo, caricatura e cipó ao vivo, dança típica gaúcha com o grupo do Centro de Tradições Gaúchas Saudades do Sul.

O Festival contou com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, Universidade Paulista (Unip), CCR Rodoanel, Hotel Rancho Silvestre, Associação Comitiva Esperança, D+ Distribuidora de Petróleo, Sindicato dos Químicos de São Paulo e Sansuy, além do apoio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Embu das Artes (Acise) e Lotus Eventos.

Comentários

comentários

This entry was posted in Região. Bookmark the permalink.